Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Agrogarante.Saiba mais

Compreendi
Asset 5

Notícias

Setor vitivinícola nacional afirma-se no mundo

2020-02-19
Setor vitivinícola nacional afirma-se no mundo

O ano de 2019 foi positivo para as exportações de vinho português. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) e divulgados em nota de imprensa pelo Ministério da Agricultura, foram exportados cerca de 296 milhões de litros de vinho. Um valor que representa cerca de 820 milhões de euros e que, face ao período homólogo, demonstra um aumento em volume (0,3%) e um expressivo crescimento em valor (+2,5%). Uma dinâmica que traduz um crescimento de cerca de 2,3% do preço médio do vinho exportado: em 2018, representava um preço médio de 2,71 euros/litro e, já em 2019, o preço médio aumentou para 2,77 euros/litro.

De realçar que se assiste a um comportamento muito positivo das exportações de vinho português para países terceiros, quer em volume (10%), quer em valor (6%). Em contraponto, a quebra, em volume, registada nas expedições para o espaço comunitário de cerca de 7% (mas com a manutenção do valor exportado em +0,3%) resultaram numa subida de cerca de 8% do preço médio do vinho nacional exportado para o espaço comunitário, que, no ano de 2018, se situou em 2,70 euros/litro e, no ano de 2019, em 2,91 euros/Litro.

No que diz respeito ao vinho certificado de Identificação Geográfica (IG), há também registo de um aumento significativo, quer em volume (9%), quer em valor (6%), resultando numa ligeira quebra no preço médio de cerca de 2,2%.

O ranking dos 10 principais mercados de destino do vinho português, em 2019, é ocupado pela França, Estados Unidos da América (EUA), Reino Unido, Brasil, Alemanha, Canadá, Bélgica, Países Baixos, Angola e Suíça. Especial destaque para as exportações destinadas aos EUA que contam com um expressivo crescimento de 10%, tendo passado de 81 milhões de euros, em 2018, para 90 milhões de euros, em 2019. No que respeita ao saldo da Balança Comercial, no ano de 2019, registou-se um saldo positivo de 653 milhões de euros.

Fonte: Frutas, Legumes e Flores
Ver todas as noticias