Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Agrogarante.Saiba mais

Compreendi
Asset 5

Notícias

Análise Setorial Subsetor – Abóbora

2021-10-27
Análise Setorial Subsetor – Abóbora

A abóbora é um fruto da aboboreira (Cucurbita spp), uma espécie de planta pertencente ao género Curcubita e membro da família das Cucurbitáceas, da qual também fazem parte as melancias, os melões e até mesmo os chuchus.  Cultivadas no mundo todo por ser uma fruta muito saborosa e nutritiva, e até mesmo para fins ornamentais, a abóbora faz parte da categoria dos maiores e mais pesados frutos do mundo. Acredita-se que a abóbora seja provavelmente nativa do México e do sul dos Estados Unidos e fazia parte da alimentação das civilizações Maia, Asteca e Inca.

A época de plantação difere consoante o tipo/variedade e estende-se de abril a setembro. Cultiva-se em todo o território e em quase todos os tipos de solo, preferindo, no entanto, solos pesados de ph neutro ou ligeiramente ácidos bem drenados.

As abóboras são cultivadas em clima quente (temperatura entre 20 a 35ºC), pois todas as espécies são sensíveis as geadas (não sobrevivem a temperaturas abaixo de 10°C). A rega é outro fator crucial ao longo do ciclo cultural. As fases de floração e de vingamento dos frutos são especialmente sensíveis à falta de água

Existem vários tipos de abóbora que são consumidos, os mais conhecidos são as variedades butternut, mogango e a tipo francesa.

Segundo a FAOSTAT, em 2019, o maior produtor de abóboras foi a China (8,4 milhões de ton), com uma produção cerca de 6 vezes superior à do segundo maior produtor, a Ucrânia (1,3 milhões Ton), seguida pela Rússia (1,3 milhões de Ton) e a Espanha (734 640 Ton).

Download:Subsetor da Abóbora(194.6 KB)
Ver todas as noticias