Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela Agrogarante.Saiba mais

Compreendi
Juntos
a expandir ideias
Asset 5

IFRRU 2020 com Garantia Mútua

Solicite uma garantia
Reabilitar para revitalizar as nossas cidades. Juntos vamos criar CIDADES COM FUTURO.
IFRRU 2020 com Garantia Mútua

Objetivo

Criado no âmbito do Portugal 2020, o IFRRU 2020 é um instrumento financeiro, para reabilitação e revitalização urbanas, que se destina a apoiar projetos de reabilitação integral de edifícios e de espaços e unidades industriais abandonadas, com vista à reconversão, bem como a revitalização física do espaço dedicado a comunidades desfavorecidas, em zonas urbanas e rurais, potenciando ainda melhorias da eficiência energética dos edifícios.

Para garantir com condições mais favoráveis, os empréstimos concedidos pelas instituições de crédito selecionadas no âmbito do IFRRU 2020, o Sistema Português de Garantia Mútua disponibiliza a "Linha de Crédito IFRRU 2020 com Garantia Mútua”, com dotação de até 115,4 milhões de euros, distribuídos por duas linhas específicas:

> "Linha IFRRU 2020 para a Revitalização e Reabilitação Urbana” - No valor de até 96,7 milhões de euros, destinada à revitalização, recuperação e reconversão de zonas urbanas;

> "Linha IFRRU 2020 para a Regeneração comunidades desfavorecidas” - No valor de até 18,7 milhões de euros, destinada à regeneração física, económica e social das comunidades desfavorecidas em zonas urbanas e rurais.

A quem se destina

Empresários em Nome Individual (ENI) e empresas, em especial as micro, pequenas e médias empresas (PME), que pretendam reabilitar os seus imóveis ou investir em imóveis para reabilitar, destinados a qualquer uso, e desde que se localizem numa das regiões do Norte, Centro, Alentejo, Lisboa ou Açores e cumpram as condições de elegibilidade previstas no documento de divulgação (infra).

Para que serve

Viabilizar em condições mais favoráveis, a concessão de empréstimos pelos bancos aderentes, Santander Totta/Popular, BPI e Millennium BCP, para projetos que não dispõem de garantia bastante.
Montante Máximo de Investimento por Empresa
Montante Máximo da Garantia por Empresa
Prazo das Operações
Período de Carência
Prazo de Utilização
Amortização de Capital
Garantia Mútua
Bonificação da Comissão de Garantia
Juros a Cargo do Beneficiário
Operações elegíveis
Formalização de candidaturas (3 passos)
Linha de Crédito IFRRU 2020
Montante Máximo de Investimento por EmpresaAté 20 000 000 euros
Montante Máximo da Garantia por Empresa4 500 000 euros
Prazo das OperaçõesAté 20 anos
Período de CarênciaPeríodo de investimento acrescido de 6 meses até um máximo de 4 anos
Prazo de UtilizaçãoAté 4 anos, com o máximo de 10 utilizações
Amortização de CapitalPrestações mensais, constantes, iguais e postecipadas
Garantia MútuaAté 60% do capital em dívida, em cada momento do tempo, para operações até 10 anos

Até 65% do capital em dívida, em cada momento do tempo, para operações entre 10 e 15 anos

Até 70% do capital em dívida, em cada momento do tempo, para operações entre 15 e 20 anos
Bonificação da Comissão de GarantiaBonificada pelo IFRRU 2020, até 1%, durante a primeira metade do período de maturidade de cada empréstimo por um período máximo de 10 anos, sendo o remanescente suportado pelas empresas beneficiárias
Juros a Cargo do BeneficiárioOs juros serão integralmente suportados pelas empresas beneficiárias e serão liquidados mensal e postecipadamente
Operações elegíveis> Reabilitação integral de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos (ou, no caso de idade inferior, que demonstrem um nível de conservação igual ou inferior a 2, nos termos do Decreto-Lei n.º 266-B/2012, de 31 de dezembro)

> Reabilitação de espaços e unidades industriais abandonadas

> Intervenções em edifícios de habitação social que sejam alvo de reabilitação integral No mesmo pedido de financiamento, o IFRRU 2020 apoia medidas de eficiência energética complementares às intervenções de reabilitação urbana. Os edifícios reabilitados podem destinar-se a qualquer uso, nomeadamente habitação, atividades económicas e equipamentos de utilização coletiva.
Formalização de candidaturas (3 passos)1. Pedido de parecer de enquadramento à Câmara Municipal da localização do imóvel

2. Certificado Energético do imóvel antes da intervenção elaborado por perito qualificado pela ADENE

3. Pedido de financiamento junto de um dos bancos selecionados (Santander Totta/Popular, BPI e Millennium BCP), que após aprovação da operação, enviará à Sociedade de Garantia Mútua da área geográfica da sede da empresa.
Para mais informações sobre esta Linha de Crédito, ou outras soluções de financiamento que temos disponíveis para si, contacte-nos.
A presente informação tem natureza publicitária e não dispensa a consulta de informação pré-contratual e contratual legalmente exigida, não constituindo uma proposta contratual.
Contratação sujeita a aprovação prévia das entidades envolvidas e sujeita às condições definidas em função do perfil de risco para cada operação.